domingo, 3 de março de 2013

Chorando quase um rio

Você foi minha exceção
Uma nova sensação
Me trouxe o sol 
Me levou o chão
Eu te amo com força
Eu te abraço devagar
Mas o concreto ferve
Sobre as partes do meu peito
Então eu acordo e vejo
Não importa o quanto eu te ame
Quanto eu tenho você perto
Você não pode entender
Como isso é tão confuso
Como eu me sinto triste
Chorando quase um rio
Um dia você vai me deixar
Então suas malas ficarão prontas
Apenas uma história para contar
Um canto para as lembranças
Um espaço entre os outros
Um troféu com um pouco mais de valor
Não me leve a mau
Não é com você
É com nós
Eu sei que não adianta
Eu fico confuso
Às vezes pergunto se te deixar
Agora evitará o retorno do pior
Às vezes eu fecho meus olhos
É difícil de acreditar
Mas um dia você vai embora
Seus sonhos não são meus
Seus desejos você vai seguir
Então para que tudo isso?
Será que se sente assim?
Será que você me vê
Sentindo sozinho na tempestade
Chorando quase um rio.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário