domingo, 23 de setembro de 2012

Medo

Imagem de Alan CassianoLink

Não tenha medo
Deixe que a dor te tome
Abra as suas asas negras
Force as suas vontades
Grite sobre a falta de vida
Brinque no labirinto
Com seus próprios ratos
Saia dessa sepultura
E se jogue no mar de lava
O destino pobre da humanidade
Perdida na escuridão
Caída sobre o pecado
Sozinha e sem forças
Cavando a terra com os dedos
Garotinha feliz
Que triste mundo venenoso
Espera os corações puros
Eu fecho os olhos
E morro para a sujeira
Que me deixa preso aqui
Não tenha medo
Deixei que a dor te tome
Abra as suas asas negras
Force as suas vontades
Grite sobre a falta de vida

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário