quarta-feira, 1 de maio de 2013

Olhos abertos


Seu calor sobre mim
Seus dedos entre os meus
Queimando a minha pele
Acendendo os meus desejos
Pele quente, carne lisa
Olhos de Leão, presas de Escorpião
Você entra nos meus pensamentos
Talvez eu fique perdido para sempre
Mas eu amo essa sensação
Eu quero me lembrar que é bom
Amar você com ''olhos abertos''
Vestindo sua alma com a minha
Sentindo o mesmo ar entre nós
Dissipando as minhas barreiras
Você me amou como ninguém
Você me desejou até o fim dos tempos
Você me procurou entre as minhas lágrimas
As lembranças de um coração
O lado mais doce e amável
Por toda uma noite
Um sobre o outro
Isso me faz gritar
Rasgando as minhas roupas
Nas batidas do meu coração
No toque nas nossas línguas
Eu amo todo esse tempo
Grandes sonhos roubados
Por favor, fique comigo
Cruze seus braços sobre mim
Vamos virar os ponteiros
Não, não me deixe
Eu gosto do seu cheiro
Eu amo o toque dos seus lábios
Me prometa que serei pra você
Seus braços e meu corpo
Isso é tão bom
A sensação me faz voar
Meus olhos vendo na escuridão
Seu cheiro sobre meus dedos
Eu toquei o seu rosto
Com as minhas mãos
Você tocou meu desejo
Nas suas palavras
Eu gosto da forma
Como nos encontramos
Eu derrubei os meus muros
Aos seus olhos
Movi as minhas montanhas
Para você ver dentro de mim.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário