domingo, 9 de setembro de 2012

Perdoa-me pelas coisas duras que disse

Nunca faria isso pra te ferir
Foi algo no calor da dor
As coisas tão frias
Me de um sorriso
Perdoa-me, por favor,
Jamais diria aquilo de outro jeito
Perdoa-me pelas minhas crises de humor
Perdoa-me por ser muitas vezes distante
Perdoa-me por ser cheio de segredos
Perdoa-me pelo meu jeito sacana
Perdoa-me se te fiz chorar
As coisas saíram sem pensar.

Leonardo Ragacini


Nenhum comentário:

Postar um comentário