domingo, 12 de outubro de 2014

Mil vezes

Trilha Sonora: 


Por Vanessa Silva

Eu amava a forma como você se irritava com meu jeito impulsivo de ser. Quando dizia que não sabia como lidar comigo. Mas na verdade eu também não sabia lidar com nós dois. Eu me irrito quando quer ficar longe de mim. De perto, perco o rumo das coisas na sua frente. Talvez eu nunca entenda o porquê que dói terminar mil relacionamentos.

A dor maior é ter que dar o ponto final em uma mesma história mil vezes. Foram mil vezes que me despedi. Mil adeuses! Já perdi as contas que quantas lágrimas derramei. Já fiz e refiz as malas para ir embora.  Voltei. Às vezes, acho que fiz mais coisas para fugir de você do que para te amarrar para sempre. Eu amava discutir com você. Irritar-te com minhas ironias e depois de mansinho me achegar...

Você nunca foi muito bom com as palavras, mas seu corpo sempre disse tudo. Eu amava quando automaticamente abria os braços para eu me aconchegar no seu peito. Eu já me arrependi mil vezes pelas brigas. Sorri com muitas delas. Aprendi.

Eu finjo estar brava para chamar sua atenção. Se te xingo é para dizer que te amo. Você diz que sou louca, eu e metade do mundo concorda com isso. Eu odeio mil coisas em você, e em cada uma delas têm algo especial.

Você pede mil vezes para eu te esquecer e fica mais presente que nunca na minha vida. Nunca ouvi.  Eu tentei te esquecer mil vezes. Eu ocupo meu dia, troco de trabalho, atravesso a cidade, chove, faz sol, penso em mil coisas. Invento novos amores. Sinto outros prazeres, por vezes, ilícitos. À noite eu sonho mil vezes com você.

Porque é triste terminar mil vezes com a mesma pessoa. Você intensificou sua vida mil vezes para me esquecer, acabou no meu colchão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário