terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Capítulo 1 - O Bar

Estava ela ali sentada naquele lugar já havia pelo menos uma hora e meia. Os dedos titubeavam na mesa bamba de madeira, era muito pontual sempre com tudo e com todos e isso a tornava exigente, pois não gostava que os outros não o fossem para com ela. 
Os olhos azul-esverdeados estavam ardidos e cansados, com suas pálpebras levemente cerradas, os cabelos cacheados bagunçados presos em um coque mal feito no topo da cabeça, o corpo recostado preguiçosamente sobre a cadeira, as pernas levemente estendidas no chão, deixando suas lustrosas botas pretas no meio do caminho dos passantes. 
Olhou para o relógio que estava dependurado naquela parede imunda em cima das bebidas expostas do bar e suspirou lentamente, ele não iria aparecer e talvez fosse melhor assim, afinal de contas, tudo tem um por que.
Se levantou espreguiçando-se e deixando uma nota em cima da mesa se retirou do local fétido e pútrido à passos largos. 
Sua bunda vibrara e automaticamente sua mão fora em direção ao celular que estava no bolso de trás da calça, olhou rapidamente para a mensagem ''Me perdoe, mas vai ter de ficar para a próxima... '' era sempre assim, ela já deveria estar acostumada. Seu dedo clicou no botão excluir e logo em seguida voltou a guardar o minúsculo aparelho, teria de fazer sozinha e o faria, como tudo na vida. 
Pegou sua calibre 38 escondida por debaixo da jaqueta e começou a correr, se era para ser assim, então que assim fosse e que a guerra começasse!


Continua...

Jéssica Curto

Nenhum comentário:

Postar um comentário