quarta-feira, 3 de julho de 2013

Os dois lados do mesmo jogo

Por Vanessa Silva


A Editora Record lançou mais uma obra de Sidney Sheldon, dessa vez junto com a autora Tilly Bagshawe. “O reverso da Medalha” tem uma continuação, da saga da família Backweell – “A Senhora do Jogo”.

 Sidney Sheldon usou em sua obra, a presença feminina, que tanto gosta e compõem seus romances. Porém desta vez, usou mais de uma personalidade feminina para enaltecer sua obra.
O que dizer das adoráveis e por vezes detestáveis Lexi Templeton e Eve Blackwell ou o sobrenome Webster, depois do infeliz casamento, onde nasceu seu filho Max Webster.
Essas mulheres transbordam de manipulação e beleza para conseguirem tudo o que querem. No decorrer da história, vemos o poder que a empresa Kruger – Brent tem sobre a família. Não só por obter um alto padrão de negócios, gerando riquezas em diversas áreas. Mas, também como nasce um desejo, um vício, uma paixão em conduzir esta empresa, tomar posse de tudo e todos.
A ganância transgrede qualquer ser humano e as possibilidades de manter a paz interna são impossíveis, quando se quer controlar tudo e driblar os adversários da própria família. São como peças de tabuleiro que preenchem seu jogo obsessivo pelo poder.
Sheldon devia com certeza ter usado o plural no título do livro “A Senhora do Jogo”. São perceptíveis as várias “senhoras” que conduzem a trajetória de suas e mais vidas. São persuasivas, calculistas e frias, em alguns pontos. São capazes de se esquecer, sacrificando-se, só para dar lugar a grandiosa e magnífica Kruger-Brent.

Inocência transgredida 

Ao nascer Lexi Templeton estava fadada a sofrer e superar desafios. Sua mãe Alexandra Templeton morreu ao dar a luz. Seu pai nunca superou a morte da esposa e sobreviveu em meio a conflitos internos e, mergulhado ao álcool.
Aos oito anos de idade, Lexi foi sequestrada dentro de seu próprio quarto. Vestia apenas uma camisola, frágil e indefesa, era apenas uma criança. Mas, muito inteligente e sagaz. Durante o sequestro, seu pai ficou desesperado e acionou a polícia para iniciar as investigações e saber sobre o paradeiro da filha caçula.
Depois das buscas, eles chegaram tarde ao cárcere, a menina teve sua inocência transgredida e violada por um dos homens. “Uma das mãos cobria sua boca, mas Lexi pôde sentir a outra metendo-se embaixo de sua camisola. Não! Uma dor profunda entre suas pernas encheu seus olhos de lágrimas.
Após o estupro, o esconderijo foi explodido por uma bomba, esse estrondo tirou durantes anos a audição da jovem Lexi. O que não impediu a garota de se vingar de seu sequestrador e de ingressar sua busca incansável em atingir o poder da Kruger- Brent. Os fatos a tornaram mais forte e capaz.
Seu primo Max, era por quem sempre teve uma atração, com certeza esse fator atrapalhava seus planos. Dividida constantemente, entre o amor e a razão. "Uma mulher notável, de uma família notável. Todos conhecemos a coragem e a integridade de Lexi Templeton. Sua força, sua determinação, seu tino para os negócios, sua honestidade..." Todos conheciam sua trajetória de vida, a imprensa se encarregou de divulgar todos seus erros e acertos, além das experiências traumáticas em que viveu, quando seu pai apontou a arma para ela e seu irmão Robert.
Max a pedido da mãe, sempre tentou de alguma forma impedir Lexi de conquistar a confiança dos acionistas da empresa. Revelando as peripécias sexuais da prima, com diversos homens e lugares inapropriados. O que abalou a imagem da mulher de negócios. A vida de Lexi desabou, por vezes, mas era apenas para constatar a magnitude de sua inteligência.

Amarguras e desavenças familiares 

Eve Webster sempre teve inveja de sua irmã gêmea, Alexandra. Então direcionava seu ódio para sua sobrinha Lexi, já que alguns anos depois a irmã morreu.
Nessa saga, percebemos os conflitos internos que os personagens vivem diante da obsessão e paixão.
Max Webster vê sua própria mãe como uma deusa, deseja a todo custo tocá-la. O incesto é algo que o menino, desde muito novo, não sabe administrar, nem mesmo compreende o se passa em seu interior. Max é manipulado o tempo todo e tem uma cobrança dentro de si, de jamais fracassar com seu amor por Eve. Fica perceptível a agonia do garoto nesse trecho. “Max esperou até que a mãe tivesse dormindo profundamente. Então, ficou deitado acordado, sorrindo, lembrando-se da expressão de surpresa no rosto do pai enquanto caía. Agora você é o homem da casa. Nunca mais vai precisar me dividir com ninguém.
Ao conviver com Lexi Templetor percebe como são parecidas fisicamente, demora muito tempo para admitir a si mesmo o amor que sente por Lexi.

Senhoras e senhores do tabuleiro

Sheldon nos apresenta às personagens incríveis, no primeiro livro da saga “O reverso da medalha” consegue deixar todos aflitos pela conquista de Jamie McGregor. Esse personagem construiu a Kruger-Brent, após ir para a África do Sul, em busca dos diamantes. Sofreu muito, foi enganado diversas vezes e perdeu os diamantes, entretanto, não desistiu e após quase perder a vida, transmite uma mensagem de perseverança. Torcemos a cada página por sua persistência e paixão pela luta. “Resvalou a consciência, de onde foi despertado por uma agonia terrível, insuportável. Alguém estava lhe esfaqueando a perna. Jamie levou um segundo para recordar onde se encontrava e o que estava acontecendo. Entreabriu um olho inchado. Um enorme abutre perto estava atacando sua perna, arrancando selvagemente sua carne, comendo-o vivo, com o bico afiado. Jamie viu os olhinhos pretos e o rufo sujo em torno do pescoço. Sentiu o odor fétido do pássaro. Tentou gritar, mas nenhum som saiu de sua boca. Freneticamente, sacudiu-se para a frente, sentindo o fluxo quente de sangue a escorrer de sua perna. Podia ver as sombras dos imensos pássaros ao seu redor, aproximando-se para liquidá-lo.  Sabia que a próxima vez em que perdesse os sentidos seria a última. No instante em que parasse, os abutres estariam novamente devorando-lhe a carne. Continuou a rastejar. A mente começou a vaguear, delírio. Ouviu o barulho das asas dos abutres se aproximando, formando um círculo ao seu redor. Estava agora fraco demais para afugentar os pássaros. Não lhe restavam forças para resistir. Ele parou de se mexer e ficou imóvel na areia escaldante. Os abutres se adiantaram para o banquete.
Deixa-nos mais próximo de nossas próprias imperfeições. Compartilha a trajetória do personagem, com momentos inesperados e extremamente difíceis. Superação é apenas mais um tema que engaja a saga. Os personagens têm uma personalidade muito bem construída, com histórias de vida, como a da humanidade. Eles erram, caem e se levantam.
O fim de cada capítulo te obriga a ler o seguinte, pois é inesperado. Peguei-me preocupada com um ou mais personagens.
O autor deixa- o crescer junto com a história, é como se os conhecêssemos e desejamos saber como estará no próximo capítulo, se está bem ou infelizmente a vida lhe foi tirada. Constrói uma afinidade. Sheldon transforma toda a rotina de uma família feliz em uma desgraça inimaginável. Os sentimentos são arrancados de nós em cada página. As surpresas no decorrer são inevitáveis. “O primeiro banho na suíte real fora maravilhoso. Jamie ficara recostado na água quente, deixando que o cansaço se esvaísse do corpo, recordando os acontecimentos incríveis das últimas semanas. Fora apenas algumas semanas antes que ele e Banda haviam construído a balsa? Parecia que fora há muitos anos. Jamie pensara na balsa, levando-os até a placa “Sperrgebiet”, os tubarões, as ondas violentas, as minas, o imenso cachorro em cima dele... Os gritos abafados que ressoariam para sempre em seus ouvidos: “Kruger...” “Brent...” “Kruger...” “Brent...””. É apenas o início da construção de um império de negócios.

Detalhes de Sheldon 

Em suas obras Sidney Sheldon não conseguia enganar seus leitores, então em todos os lugares em que descrevia no livro “A Senhora do Jogo”, ele já esteve.  Deslumbra-nos com detalhes que se encarregam de unir as frases e deixar uma leitura extensa, mais leve, como um passeio.
A expectativa é realçada na passagem do livro, tantas coisas ruins aconteceram a Lexi que quando algo começa a desandar temos piedade. É o envelhecer juntos. E relembrar quando Max e Lexi eram crianças ou de seus nascimentos. Pois os acompanhamos até a velhice. O final feliz nem sempre está presente, isso chega mais perto da vida real.

Ficha técnica: Páginas 461. R$ 40. Editora Record.


2 comentários:

  1. Lucas de Figueiredo5 de julho de 2013 20:15

    Bom... eu não me considero um bom critico, uma vez que faz tempo que não escrevo e nunca fiz uma boa resenha... a única coisa que teria a oferecer é minha opinião sobre os diversos livros do Sheldon que eu já li, além de um ou outro comentário leve em relação a escrita do texto.
    O que tenho a dizer sobre a resenha é que ela está ótima, apresenta todos os pontos marcantes da saga, fala sobre o livro “O Reverso da Medalha” (o que é fundamental, já que sem ele não existiria a “Senhora do Jogo”) e dá uma tremenda vontade de ler e/ou reler ambos os livros. Uma coisa que também me impressionou foi a organização do texto, sua objetividade, leveza e a maestria com o qual foi escrito, afinal parece que cada palavrinha foi feita, exclusivamente, para compor essa resenha ao se encaixar perfeitamente ao texto.
    Essa saga é realmente incrível, composta por um dos melhores livros do autor e, sem duvida, Senhora do Jogo é a melhor obra da Tilly... Embora ou tenha me apaixonado muito mais por outras obras do autor, essa saga representa uma das minhas favoritas. Recomendo a todas as pessoas lerem essas obras que me fascinaram e prendem minha atenção até hoje... Sidney Sheldon é um dos melhores autores que já li e a Tilly não fica muito atrás, embora eu acredite que a Tilly ainda precisa de um pouco mais de experiência, pois percebo nos textos dela que ela se preocupa muito com o clímax da historia, o que faz ela exagerar um pouco na elaboração desse clímax e, com isso, deixa a história um pouco confusa...
    Parabéns à Vanessa e a Jéh, vocês são realmente ótimas...^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o rico comentário Lucas, fico feliz que tenha gostado tanto da resenha!!! =]
      Agradecimentos à Vanessa, que teve todo o trabalho, eu sou uma mera transmissora! ^^
      Beijocas! =**

      Excluir