segunda-feira, 15 de julho de 2013

Eu me sinto tão sozinho

Eu me sinto tão sozinho
E você não parece se importar
Está por dentro dos meus olhos
Abraçando a minha alma
Esse sentimento me estrangula
Aperta a garganta um pouco mais
Mas não parece o suficiente
Você espera palavras
Mas não quero palavras
Você espera razões
Mas não quero razões
Você espera motivos
Mas não quero motivos
Eu só quero não ficar sozinho
Só quero não ficar triste
Porque todas as noites
A alegria de te ter me deixa
E todas as lembranças voltam
Eu me sinto tão infantil
Mas quero um abraço
Eu me sinto tão sozinho
E você não parece se importar
Não quero saber de palavras
Não quero entender situações
Quero apenas sentir um aperto forte
Entre os meus braços
Mas não é possível
Não quero ser comportado
Eu não quero entender nada
Quero abrir os lábios e gritar
Quero sair voando sem minhas asas
Quero atingir o chão com força
Se isso te fizer me ouvir
Se isso te fizer me entender
Que no fundo é solidão de amor
A pior de todas que existe
Porque eu estou sozinho
Eu me sinto tão sozinho
E você não parece se importar
Como eu me sinto assim
Porque se pra você
Tudo está bem
As peças pra mim
Não se encaixam
Eu me sinto perdido
E você não parece ver
Eu me sinto tão sozinho
Eu me sinto tão sozinho.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário