domingo, 9 de junho de 2013

Morrendo para estar vivo - Capítulo 2 Difícil decisão

Um quarto escuro, do lado de fora chovia fortemente, uma cama pequena e simples estava posicionada de frente para a janela, a pequenina estava deitada, as perninhas e os bracinhos esticados para cima, como quem busca pegar algo invisível.
Uma garota de cabelos curtos e encaracolados, de pele morena se encontrava sentada no chão perto da porta, os braços abraçando os joelhos que estavam encolhidos, a cabeça enfiada entre as pernas, o que ela faria agora?
Um leve resmungo e o rosto da jovem se erguera rapidamente, encarando o pequeno ser que se encontrava agora de bruços sobre o colchão.
Ela sabia que teria muitas dificuldades se não tomasse uma atitude logo, ela não tinha planejado nada daquilo.
Se levantou e foi até a minúscula criatura, tomando-a em seus braços, os olhos cheios de lágrimas, passou o dedo indicador pelo miúdo narizinho levemente, vendo a pequenina bocejar e agarrar seu dedo fortemente com a minúscula mãozinha antes de cair em sono profundo.
Não estava certo, não era justo, mas ela não tinha outra alternativa. Apertou o bebê em seus braços, tinha que fazer o correto e sabia disso, e dessa vez o faria!

Jéssica Curto


Nenhum comentário:

Postar um comentário