terça-feira, 21 de maio de 2013

Ficando mais a vontade


As visitas aos teatros sempre foram mágicas. A vontade que dava no encerramento de cada peça era a de atuar. Mas até chegar ao metrô, a vontade passava.
Odeio aquelas regrinhas durante a peça teatral, aliás, diga-se de passagem, eu sempre as quebro, assumo que adoro fotografar os atores e uma cena irresistível. Ninguém precisa ficar sabendo... Fica entre a gente. Uma das peças que me marcou muito foi a Romeu e Julieta, com um final sem o “feliz para sempre”. Nessa peça, cada cena era uma atriz diferente que interpretava a bela e jovem Julieta, como se qualquer uma de nós, independentemente do conceito de belo, para emergir a verdade absoluta, pudéssemos ser de fato uma princesa meiga e apaixonada e os rapazes também.

Vanessa Silva


Nenhum comentário:

Postar um comentário