domingo, 12 de maio de 2013

Brilho do Sol


Quando perco todo o brilho
E a noite é só escuridão
Você me estende as mãos
Quando não tem mais ninguém
Seu coração me resgata
De toda solidão
Quando Ninguém mais entende
Você me eleva com seu amor
Seu coração é meu altar
E nosso amor é uma oração
E quando estou desistindo
Você me abraça no gelo vazio
E faz meu coração bater
Você é como o calor do sol
Queimando a minha pele
Iluminando as nuvens
Dentro da minha cabeça
Quando estou queimando
E não tenho lágrimas
Você abre seu amor pra mim
E eu volto a brilhar
Eu encontro as flores no caminho
Então eu vejo os seus olhos
Somos como uma semente
Por acaso nos achamos
E nosso solo era ácido
Mas mesmo assim crescemos
Nossas mãos fazem laços
Que nossas brigas são serpentes
E nós continuamos criando raízes
Você é como o calor do sol
Queimando a minha pele
Iluminando as nuvens
Seus dedos tocam meu rosto
Seus beijos me trazem verdade
E quando não tem mais nada
Eu sei que você está
Me salvando de toda dor
Você é minha cura imediata
Aquele pequeno anjo guardião
Mesmo que esteja errado
Você ainda vai me amar
Pelas razões certas.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário