domingo, 20 de janeiro de 2013

Não seja o motivo


Eu te dei o melhor de mim
Eu costurei as suas fantasias
Sobre a palma da minha mão
Tomei os seus sonhos sobre meus dedos
E fiz carinho nos fios da sua alma
Mas isso não é suficiente?
Porque você não pode entender
Que toda razão de fazer que faça
É porque eu te amo
(Não me machuque)
Sempre que você crava a faca
Eu sangro de forma profunda
Grito, mas o que dói mais
É ver que você me vê no chão
Mas não me estende a mão
Eu fui há mais alta estrela
Mas esse brilho já passou
Agora eu sou uma estrela cadente
Sem espaço entre as constelações
(Não me machuque)
Onde era para ser sempre
Onde você deveria me ver
Quando deveria me entender
Você está falhando comigo
Mas não consegue ver
Que está me machucando
Essas feridas deixam marcas
Que ficam para sempre
Você quer ser o motivo
Que me faça ser mau?
Você quer ser o motivo
Que me faça ser mau?
Eu também sei brincar com facas
Não seja o motivo.

Leonardo Ragacini

2 comentários:

  1. Nossa que texto, sem falar na imagem muito bem escolhido.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Rose, fico muito feliz cada vez que o nosso trabalho é tão bem valorizado e reconhecido!!!
      Que bom que gostou do conjunto da obra! ^_^
      Beijocas =*

      Excluir