quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Eu não sei dizer


Tudo começou como um capricho
Depois foi se tornando amor
em sua arte, forma e gênero
Agora eu estou aqui
Foram tempos de insistir
Tão insuportável era perceber
Que u te amava, mas não tinha
Eu já não sei ficar sem você
Eu me perdi nos seus braços
Meus sentimentos
São como encanto
Quando eu te vejo eu tremo
Todos os medos foram inúteis
Todas as coisas ruins foram poucas
Foram varridas pelo tempo e pelo vento
Agora que nos conhecemos
Não sei como dizer
O tanto que te amo
Eu estou tremendo e sorrindo
Mas é porque eu te amo
Meu coração não sabe ficar
Sem ter você por perto
Agora eu sei
Que nunca estive apaixonado
Antes de ter você
Seus lábios como um interior de uma rosa
Se abrem sobre os meus
Seus olhos me levam para dentro das nuvens
Onde seu corpo me aquece
Eu não sei dizer
Como você me tem
Eu sou como um botão de rosa
E  você é meu belo jardim
Meus espinhos foram afiados
Mas seu cuidado me acolheu
Seus dedos me acariciam
Devagar, meus olhos se fecham
E o mundo é escuro
Porque toda luz está em você.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário