sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Bolhas


Deitados sobre os lençóis macios
Sentindo os sons da noite
Eu tenho você e você me tem
Nós viemos de lugares distantes
Mas agora estamos aqui
Você me beija eu viajo
Você é meu brinquedo de carne e osso
Você é meu presente em laço
Sobre as bolhas de sabão
Sinto sua pele na minha
Sobre as bolhas de sabão
Sinto sua boca na minha
Você e eu e nada mais
Sem brigas nem ciúmes
Sem jogos nem perdas
Nós não falamos
Nossos olhos
Se comunicam
Nossas almas
Se entendem
Quando estou deitado ao seu lado
Eu não temo nada
Porque é você e eu
Meus dedos nas linhas do seu rosto
Seus cabelos sobre meu nariz
Só você e eu e as bolhas ao redor
Só você e eu e as bolhas ao redor

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário