terça-feira, 25 de setembro de 2012

Deixar-te aqui

Eu não quero te deixar aqui
E te segurar em cada palavra
Sem sentido que sair de mim
Por que eu te desejo agora?
Porque agora eu vivo
E porque agora eu sei
Indo por mil voltas
Vivendo essas coisas vivas
Sobre a minha pele
E a única resposta é o amor
Que não é só palavras
Que eu permito agora
Que não me iludo agora
E as coisas importantes
São aquelas que me fez
Correr por dentro
E não se desfaz no vento
E não existe mais distância
Entre os meus desejos e as coisas
Que somente nós sentimos
E todas as outras horas de tristeza
Não existem...

Leonardo Ragacini

Imagem de Alan Cassiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário