sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Como um veneno


Você é como um veneno,
Mas um veneno que eu preciso tanto...
Uma droga especialmente feita pra mim
Preciso tanto, tanto e tanto de você.
Dói-me ficar com você
E me Dói muito mais estar longe de você
Não importa o que eu diga... O que eu faça
Você não me merece, você não merece meu amor
Mas como queria que você merecesse
Como eu queria com todas as forças
Não precisar de você comigo...
Demorei tanto pra me livrar disso
Eu me esforço tanto pra mudar
Cada vez que eu te vejo
Não sei mais o que é ser natural
Você é muito para mim
Eu sou pouco para você
Ou talvez nenhum dos dois
Você, você sabe tão bem disso
Você já tentou me fazer
Sentir melhor mesmo assim
Tentou não me ferir
Mas agora que sinto as cicatrizes
Obrigado, por me entender por hoje
Obrigado, por me ouvir por hoje
Obrigado, apenas por me abraçar
Obrigado, apenas por me deixar estar...
Você talvez nunca leia isso
Mas não queria ficar sozinho
Apenas com essa voz em meus ouvidos
Talvez eu não seja para você
Talvez você não seja para mim.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário