quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Quero te por numa louca posição

Quando te prensar na parede
Quero te ver pegar de jeito
Escalar a parede a unha
Nada de gritos só gemidos
Lambuzados de mel
Vamos deitar no chão
Vamos subir as paredes
Namorados, animais, carinhosos
Hoje suas vontades são leis
Na cama os limites são extensos
Aquelas que me conhecem
Sabem que não sou perfeito
Mas vou além do básico
Quero te ver converter
Em vários múltiplos
Alucinar até apagar
Sua boca aqui
O sofá ali
Uma grande explosão
Se não é bom pra você
Nunca será pra mim
Tesão plácido
Mostre a safada
Longe desses preconceitos
Sexo é química sem fórmula
Quero ter numa louca posição
Quando te prensar na parede.

Leonardo Ragacini


Nenhum comentário:

Postar um comentário