sábado, 25 de agosto de 2012

Guardei sua foto pra poder queimar

Pegue suas roupas
Estão ainda jogadas
Ao lado das minhas
Alguma hora estará tudo bem?
Estou farinado e espantado comigo
Finalmente tive força
E coloquei você pra fora
Guardei sua foto pra poder queimar
As coisas no passado
Desse modo em mim
Você não encosta
Sobre seu corpo
Não será o meu...
Seja feliz na sua jornada
Vou sair do vale maldito
Pode ficar com esse anel
Ele não significa união
Foi-se o tempo
Que eu me culpava apenas por estar vivo
Não estarei morto
Não vou mudar meu jeito
Nem calar minha felicidade
Envelhecendo dez anos
Apenas pra ter um sorriso de meio lábio
Pode ficar com tudo
Quero apenas sua foto pra poder queimar.

Leonardo Ragacini


Nenhum comentário:

Postar um comentário