domingo, 15 de julho de 2012

Amor

Amor insensato
Amor dividido
Sou o cão sobre tuas pernas
Uma voz querendo se perder
Por entre seus lábios
Amor mutante
Nunca se sabe o que esperar
Mudando e voando
Com o vento
O calor queimando
Nossos corações gelados
Fortemente abraçados
Juntamente compensados
Ainda bem divididos
Amor ainda persistente
Nunca relutante
Contra as novas ventanias
Amor que envolve o corpo
Acariciando a alma.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário