quarta-feira, 6 de junho de 2012

Esse amor espanca meu coração

Quando me leva em um beijo
Me faz subir a dez mil pés
Seus braços são meus limites
Quando me cerca com eles
Desejo perder-me entre o limbo
O calor, o perfume e o gosto
Estão todos marcados
(Fortemente gravados em mim)
Suas lembranças são tão minhas
Quanto as minhas
Teimosamente elas continuam aqui
Mesmo que as largasse por ai
Seria correr mil quilômetros em horas
Só para voltar a seu chamado
Seu amor continua trancado em mim
Seu amor espanca, espanca, espanca
Espanca meu coração
Não me deixa te esquecer
Bate forte no meu peito
Mas preciso te ver
Mesmo sem saber o que dizer
Não posso esconder
Esse amor parado aqui
Gritando desesperadamente
Porque faço tudo que posso
Pra te ter aqui comigo agora.

Leonardo Ragacini

Nenhum comentário:

Postar um comentário