sábado, 14 de maio de 2011

O Arrependimento

É no momento do sofrimento e da dor que damos valor o que temos, a vontade de voltar para o passado e aproveitar melhor as oportunidades é tremenda que nosso cérebro enlouquece.
Por que não sabemos aproveitar até que se perca? Por que não conseguimos viver intensamente como tanto dissemos que faríamos?
Olho para a minha dor com amargura, não por estar sofrendo, mas por simplesmente não ter aproveitado de toda aquela energia, tudo aquilo que podia ter feito e não o fiz, não pensando que um dia, tudo aquilo viria a acabar.
A dor nos esmaga não pela perda, mas por não sermos capazes de pensarmos nas reais consequências.
Um dia eu fui feliz e não soube, hoje sofro por não ter sabido há tempo.
Quantos amores passaram por minha vida, quantas pessoas e oportunidades, quantas felicidades que se esvaíram, hoje, são apenas pó, lembranças do que já foi e não voltará.
Mas penso que se ficar a sofrer pelo ontem, não conseguirei aproveitar o hoje e me arrependerei mais ainda no amanhã, por tanto, ai vai um conselho, viva, viva intensamente todos os dias, esqueça o que já passou, você sabe que o aproveitou o quanto pode e isso é o que importa.
Não se preocupe com o amanhã, pois ele é o hoje de ontem, apenas viva.
E seja feliz.

J.H.C

terça-feira, 10 de maio de 2011

Sentimentos e Sensações VI

Encontro teu brilho pelo caminho
Sinto-o entre as suas constelações
Tenho o profundo desejo de segui-lo
Recordo-me de minhas obrigações
E parto, desiludido, para meu canto
Lá, continuo a admirar-te
Alimentando a pouca esperança que me resta

Lucas de Figueiredo


domingo, 1 de maio de 2011

Prazeres Carnais

Naqueles olhos azuis, eu vi o céu
e nele me entreguei por completa,
nao imaginava o que estava por vir, mas pouco me importava
apenas desejava aqueles lábios de mel juntos aos meus
me sugando e me deliciando para dentro,
para dentro do seu ser.
Ali, me entreguei, fechei o olhos e percebi que nada mais precisava
tinha encontrado meu destino,
e se chamava,
Amor.

J.H.C