sábado, 8 de janeiro de 2011

Acróstico II

Mostra-me quem tu és
E terei medo de ti
De modo que medo é
Odiar aquilo que nunca vivi

Rafael Cardoso


Nenhum comentário:

Postar um comentário