terça-feira, 2 de novembro de 2010

Lápis

Que pode um homem fazer com lápis na mão?
Perde tempo?
Ama profundo
Mas num segundo
Arrasa coração
Declara guerra
A quem vier
Por uma mulher
(Efêmera paixão)
Compra terra
Fecha contrato
(Cláusula lida)
Desenha retrato
Esquece da vida
Escreve fato
Palavra-cruzada
Rascunho rabisco
Sonha tudo
Consegue nada
Correu risco
Fica mudo
Conta história
Sonha viajar...
Travou, memória?
Melhor parar.

Enfim,
A mente o levará aos mais insólitos lugares
Se bem que, para navegar por tantos mares
- Dos quintos dos infernos ao paraíso-
Esqueci-me que um caderno é preciso.

Rafael Cardoso

A vida de um escritor é muitas vezes trabalhosa e árdua, mas o seu resultado sempre será extremamente gratificante.

J.H.C


2 comentários:

  1. Esse foi bem legal! O que eu mais curti! Nunca o lapis foi homenageado de tao bela forma. Parabens Rafael!

    ResponderExcluir
  2. o nosso Rafael tem uma imaginação explendida!
    Obrigada pelo comentário e fico feliz que tenha gostado!

    Beijos

    ResponderExcluir