domingo, 21 de novembro de 2010

Iluminação

E Ela veio, de maneira avassaladora,
devastando a escuridão que a envolvia
Seus cabelos dourados balançavam em suas costas
e um sorriso aparecia em sua face.

Ela veio, assim como a luz invade um quarto escuro,
Não esperava que viesse, numa hora como essa,
Mas Ela veio.
Ela mudou tudo, e tudo ficou claro para mim.

As águas que estavam a minha volta ficaram claras,
As árvores agradeceram a luz bem vinda
O ar deixou de ser sombrio
E todos agradeceram, secretamente, a Ela.

Mas eu não agradeci,
eu fiquei no meu canto, ainda escuro
Quando finalmente vi sua face,
ela sorriu para mim, e veio em minha direção.

Quando Ela chegou perto, um sentimento surgiu,
Quando Ela chegou perto, vi toda a verdade,
Seu rosto tinha mudado
e ela começou a se despir.

E quando ela terminou, eu percebi
Que aquele momento era único.
Seu corpo não era um corpo comum
Nele, tinham muitas faces gravadas.

As faces eram sorridentes, igual ao seu rosto
Igual ao seu coração.
E nesse momento eu pude perceber
Que o sentimento que surgira não era um sentimento

Era Ela, que clareava meu ser,
Era Ela, que olhava e sorria para mim,
Era Ela, em suas múltiplas faces.
Era Ela, a amizade.

Lucas de Figueiredo

Amizade é algo muito bonito quando se é puro e dado de coração.

J.H.C

Nenhum comentário:

Postar um comentário