domingo, 21 de novembro de 2010

Caminho do Sofrimento

Na minha vida sempre tive dois caminhos
Sempre escolhi o mais escuro
A noite arranhou minha alma
E despedaçou minha mente.

Na vida sempre tive dois caminhos
O florido não me deu confiança
E quando estava na esperança
Ela perdeu sua cor
Quando o caminho escuro escolhi.

Sinto de longe o cheiro das Folhas,
O cheiro das Flores,
O cheiro dos Frutos
Sinto de perto o cheiro da dor,
A chama do desejo
O chamado da tristeza.
O abraço do desespero,

O caminho escuro escolhi
Pensando que poderia achar uma Lótus,
Mas, neste caminho, nada colhi.
Ah, como queria fazer tudo certo!
mas esse caminho me acompanha
O caminho do sofrimento,
Vejo de longe o amor e balbucio
Lamento.

Lucas de Figueiredo

Às vezes, escolher o que parece o mais correto pode ser o errado.

J.H.C

Nenhum comentário:

Postar um comentário